Nos últimos meses tirei uma série de retratos com um elemento determinante e comum a todos eles: o blackout.

A ausência de fundo altera a nossa percepção, a forma como o retratado comunica a sua imagem e destaca elementos que, de outra forma, passariam despercebidos a todos.

Essa ausência, retirando elementos de distração, permite uma melhor análise da composição, da expressão ou texturas do retratado e do seu retrato como um todo.

Permite um exercício de reflexão e auto análise sobre o que a comunicação não verbal nos diz dos retratos e dos retratados, sobretudo, nas interações sociais.

Nos próximos dias 1 de Junho no Porto e 5 de Junho em Cascais, terão lugar o Open day Blackout. Estas sessões são precedidas de maquilhagem e terão a duração aproximada de 30 minutos de shooting. Ao longo da sessão vamos, eu e o retratadoconstruir retratos e desconstruir imagens seguindo este modelo.

Funcionamento: A sessão fotográfica é individual, precedida de makeup e terá apoio e aconselhamento prévio na seleção das mudas de roupa ao longo da sessão, se assim o desejar. Receberá 5 fotografias editadas em formato digital no prazo de dez dias úteis e o valor da sessão é de 125,00 euros. 

Pode solicitar disponibilidade de horários ou colocar mais questões através dos contactos: info@paustorch.com ou por mensagem privada de facebook http://facebook.com/paustorchphotography/

Horários e agendamentos: As sessões individuais decorrem das 9:00 às 18:00. Cada sessão é marcada de 30 em 30 minutos, com uma duração aproximada de 30 minutos. O número de vagas são limitadas e agendadas previamente através dos contactos: info@paustorch.com ou por mensagem privada de facebook http://facebook.com/paustorchphotography/

Métodos de Pagamento: O pagamento é realizado no acto da reserva, através de referência multibanco. 

1 de Junho Porto: Centro Empresarial do Porto, R. Eng. Ferreira Dias 161, Porto. 


5 de Junho Cascais: Rua da Palmeira 39, 2750-642 Cascais. Devido à sua localização no centro de Cascais, os lugares de estacionamento são muito limitados. Aconselhamos, por isto, que utilize o estacionamento pago do Cascais Villa ou o da estação, ambos a 200 metros do estúdio.


18 e 25 de Junho // Cascais // 10 vagas disponíveis // vouchers disponíveis

AUDIÊNCIA

Entusiastas da fotografia e fotógrafos amadores que procurem assentar as noções básicas de fotografia, manipulação de uma máquina fotográfica, assim como do workflow de edição. A audiência deve estar familiarizada com uma DSLR e ter equipamento próprio e um computador portátil.

OBJETIVOS

Este workshop de nível introdutório visa introduzir os conceitos básicos de composição, enquadramento e composição. A vertente prática será realizada com a família como elemento de captação.

PROGRAMA

DIA 18

10:00 Boas-vindas

10:30 - 13:00 Teoria da fotografia e composição
Almoço
14:30 - 17:00 Operar a máquina fotográfica
17:00 - 18:00 Exercícios práticos: fotos em interior


DIA 25

10:00 Introdução workflow digital
11:00 - 13:00 Exercícios práticos: sessão em exterior
Almoço
14:30 - 17:00 Workflow e edição de fotografia
17:00 - 18:00 Esclarecimento de questões e avaliação de conhecimentos adquiridos

15ª campanha anual de recolha de sangue do IPST e da Mundicenter

15ª campanha anual de recolha de sangue do IPST e da Mundicenter

Este ano é a música que dita o compasso da 15ª campanha de recolha de sangue do Instituto Português do Sangue e Transplantação e da Mundicenter. Carminho e Tiago Bettencourt não dão apenas música, dão vida. Tal como a música que lhes corre nas veias, como os grandes sucessos que partilham com os portugueses, Carminho e Tiago Bettencourt juntam-se pela dádiva de sangue.

Todas as vidas precisam de uma banda sonora, mas alguma delas precisam urgentemente de quem lhes dê o que pulsa a cada melodia: sangue. “No meu sangue há o melhor de mim para si” é a assinatura que os músicos embaixadores deixam na 15º campanha de apelo e sensibilização para a dádiva de sangue. Com uma voz e uma única dádiva, todos podem salvar até 3 vidas. A campanha de 2016 está presente em imprensa, on-line e materiais de comunicação internos dos shoppings, tendo também sido criada uma estratégia de RP que pretende levar mais pessoas a dar sangue este ano.

Durante os 14 anos de campanhas de recolha de sangue nos shoppings da Mundicenter, 27.080 pessoas registaram-se como dadoras de sangue, foram obtidas mais de 18.000 unidades de sangue e ajudadas mais de 55.500 pessoas.

A campanha resulta de um trabalho conjunto entre a agência de Comunicação ONMI Partners (www.onmi.pt) e a agência criativa Milford (www.milford.pt), ficando a fotografia nas mãos do fotógrafo Pau Storch, dos Retratistas (www.osretratistas.com).

Fotografar para ajudar. Leia e participe!

A crise dos refugiados da Síria não deixa ninguém indiferente. Com um país em guerra há mais de quatro anos, as famílias sírias não encontram outra saída que não a fuga desesperada pelo mediterrâneo em direcção à Europa. São milhares que arriscam as vidas, em condições desumanas, não por uma vida melhor, mas sim pela esperança da sua sobrevivência!

Pelas crianças, principais vítimas em qualquer situação de conflito ou crise, um grupo de fotógrafos de família, resolveu unir-se numa acção de angariação de fundos simbólica. Nós lidamos, todos os dias, com famílias e crianças felizes. Por isso, faz todo o sentido podermos usar o nosso tempo e trabalho para ajudar, pouco que seja, aquelas crianças que estão a passar por condições impossíveis. Por isso, cada um de nós irá leiloar uma sessão fotográfica, em que 100% do valor licitado será doado à UNICEF.

E como é que tudo vai funcionar?

Cada fotógrafo está a oferecer um voucher para:

-Sessão fotográfica (bebé, criança ou família) duração de 1h-1h30

-Entrega das imagens em suporte digital (CD ou USB)

-Validade do voucher: 6 meses a partir da data do donativo

-Base de licitação: 150€

As famílias interessadas em fazer a sessão devem comentar este post com o valor da sua licitação. Ou em alternativa procurar um dos colegas associados e licitar no post idêntico da respectiva página. Terão até ao dia 18 de Setembro para o fazer e, no final, a família que licitar o valor mais alto vence o seu leilão (podem licitar as vezes que quiserem para cobrir o valor anterior; cada nova licitação deverá ter pelo menos um valor de 5 euros superior à mais alta). Uma vez o leilão terminado, o fotógrafo entra em contacto com a família.

Uma nota importante:

O pagamento do valor acordado será feito directamente pela família à UNICEF e o comprovativo do donativo enviado ao fotógrafo. Somos 30 fotógrafos a participar nesta iniciativa espalhados por todo o país. Juntos e em conjunto com as "nossas" famílias, esperamos conseguir ajudar a mudar o mundo... nem que seja o mundo de uma criança.

Pode licitar na inha página de facebook https://www.facebook.com/paustorchphotography ou na página de outro fotógrafo que participe nesta iniciativa, nomedamente:

TALES OF LIGHT / DREAMAKER / ANA PRATAS / DANIELA SOUSA / PICPUFFIN / CV LOVE / PAU STORCH / AFTERCLICK / SHOT / MATILDE ALÇADA / MAGMA / TÂNIA AFONSO / HUG / THE RED FLYING DUCK / I HEART YOU / ISABEL SALDANHA / MARISA MARTINS / ILIANA PEÑA / LITTLE PEOPLE BIG SMILE / TIESPHOTO / TERESA NOÉME / BRÍGIDA BRITO / SUSANA SCHMITZ / SÓNIA BRITO / MATE / AZUL BEBÉ / ARTE MAGNA / KALIJADE / MARIANA MEGRE / MARY JANE PHOTOGRAPHY


Estive 4 dias na ilha de S. Miguel para fotografar o espetáculo de ballet intitulado "REVELAÇÃO" que teve lugar no Teatro Municipal Ribeiragrandense, assim como fotografar algumas sessões de família.

Apesar de estar a fotografar 3 dos 4 dias na ilha e ter muito material para editar, não poupei energias e fomos visitar e revisitar os locais, vistas e sabores que o escasso tempo nos permitiu.

A pedido de muitos amigos deixo alguns spots e dicas para tirar o máximo proveito do que já conheço da ilha.

Ainda não foi desta que tivemos tempo para ver o forte de S. Brás, As Portas do Mar, os hotéis de charme da ilha ou outros espaços urbanizados pelo que continuamos a privilegiar os espaços naturais e a gastronomia local.

Locais a visitar

Fábrica dos Licores A mulher do Capote na Ribeira Grande. A visita deve passar pela fábrica, e não podem deixar de provar o famoso licor de maracujá ou o mais recente licor de arroz doce que é servido frio e com um bocadinho de canela e é uma verdadeira maravilha.

Caldeira Velha, fica na subida para a Lagoa do Fogo, banhos de água quente tipo jacuzzi. Atenção que tem dois níveis, o mais baixo com água a 40 graus e o mais alto com água mais fria, mas uma cascata espetacular.

Lagoa do Fogo – Dispensa apresentações. Se quando subirem estiver céu nublado, não desanimem e esperem mais um pouco que pode ser que tenham sorte. Nós tivemos ☺

Lagoa das Sete Cidades - Mais importante que visitar a lagoas, é escolher os melhores spots para apreciar as lagoas. A vista do Rei é um local que permite apreciar bem a vista da lagoa das Sete Cidades, mas recomento vivamente a Lagoa do Canário, onde existe um miradouro que permite ver as lagoas e o mar. A caminho é possível observar o estreitamento da ilha, tendo na mesma foto Ponta Delgada e a Ribeira Grande.

Furnas – Visitar e comer milho cozido e bolo levedo

Parque Terranostra – Uma piscina enorme com água quente, quente. É muito bom estar dentro de água quando está a chover ou um pouco mais fresquinho. Atenção aos fatos de banho!

Poça da Dona Beija – Não fomos mas também nos foi muito recomendado.

Praia de Santa Bárbara - Ribeira Grande. O motivo é mesmo pessoal, gosto de revisitar esta praia e fazer fotos com a Carolina. Tenho indicações que as melhores praias são as da Ribeira Quente, Pópulo e Praia dos Moinhos.

Passear pela costa sul, visitar vila franca do campo e comer as queijadas (no verão dá para visitar o ilhéu da Vila Franca) em água de pau, descer até ao Porto da Caloura, é lindo.

Ir até ao Nordeste, tem miradouros lindos (para variar), nós tivemos pouca sorte com o tempo que estava chuvoso e enublado. Acho que tem o nascer do Sol mais bonito da ilha ☺

Gastronomia

Cantinho do Cais - S. Brás. Foi o primeiro local onde voltámos a ser felizes, a meia dúzia de kms da Ribeira Grande. Fomos recebido em grande por amigos e pelo Sr. Jorge, com lapas, cracas e peixe local. A não perder a sopa de peixe e o molho de peixe ( parecido com a nossa caldeirada). Em 4 dias fomos lá 3 vezes… por isso imaginem ☺

O Silva - Ribeira Grande. Outro clássico das visitas. Bife à Silva, lapas e marisco. Sem esquecer daquela entrada de queijo fresco com pimenta da terra.

Alcides - Ponta Delgada, É conhecido pelos bifes com pimenta da terra e batatas caseiras. Maravilhoso.

Associação Agrícola em Rabo de Peixe, não fomos mas foi-nos altamente recomendado.

Ah, vinhos, Maçanita e Frei Gigante, estúpidamente gelados ;)

Hoje o Santi faz 3 anos, o tempo passa a correr. Fica o registo com um best of dos 50 Instas de Santi

"O silêncio é a minha maior tentação. As palavras, esse vício ocidental, estão gastas, envelhecidas, envilecidas. Fatigam, exasperam. E mentem, separam, ferem. Também apaziguam, é certo, mas é tão raro! Por cada palavra que chega até nós, ainda quente das entranhas do ser, quanta baba nos escorre em cima a fingir de música suprema! A plenitude do silêncio só os orientais a conhecem." - Eugénio de Andrade

"Prometo Falhar" não sai dos tops há mais de dez meses e entra agora na 21ª edição - 85 mil exemplares. Parabéns Pedro, parabéns Marcador.

Este é meu site, depois de matutuar no assunto, achei que era o momento de partilhar o trabalho que faço e não se enquadra na Magma, o meu estúdio de fotografia com a Sofia.

Não se trata de uma carreira a solo, apenas de mostrar que a fotografia de retrato, a minha paixão, pode assumir outros contornos que não o da família. Também pretendo usar este espaço e a página de facebook como bloco de apontamentos para ir escrevendo ideias, partilhar e comunicar aquilo que me inspira.

Espero que gostem e tenham prazer em acompanhar-me neste novo canal de comunicação. Até já!